11 alimentos cancerígenos para ficar longe

Você sabe que uma dieta saudável é uma das coisas mais importantes que você pode fazer para minimizar seu risco de desenvolver câncer. Mas, honestamente, é muito mais fácil falar do que fazer, mesmo se você consegue suportar as vontades insanamente poderosas por gostosuras e a pressão social de comer em excesso nas reuniões familiares.

Para proteger sua saúde, tente eliminar de sua dieta os carcinógenos mais comuns. Os seguintes 11 itens devem ser evitados a qualquer custo. Felizmente, alguns deles simplesmente precisam de uma preparação alternativa para serem seguros. Outros, infelizmente, não têm valor nutricional algum e precisam ser descartados. Não será fácil, mas sabemos que você consegue. Vamos começar com os piores, até chegarmos nos menores ajustes.

1. Alimentos dietéticos

Surpresa! Os mesmos alimentos que são comercializados como saudáveis são, na verdade, um pesadelo cancerígeno. Veja bem: uma vez que a gordura natural é removida, o “alimento” não fica muito saboroso. Os fabricantes, então, substituem a gordura com adoçantes artificiais e sódio. Não ajuda nada comer um produto com baixo teor de gordura que fornece uma enorme dose de carcinógenos.

Na verdade, a maioria dos produtos embalados contém aditivos que variam desde substâncias viciantes até substâncias mortais. Alimentos frescos, como frutas e verduras são muito melhores para perder peso do que esses alimentos dietéticos falsos. Você também vai desfrutar de uma boa relação saudável entre açúcar e gordura – ambos elementos necessários em nossas dietas, mas na proporção certa.

Prev post1 of 11